Como reconhecer a ansiedade noturna? Causas e tratamentos

Todos nós precisamos de uma boa noite de sono. Contudo, muitas pessoas sofrem com insónias, noites em claro a pensar naquilo que os preocupa e com pensamentos intrusivos. Se tem muita dificuldade em dormir, pode estar a sofrer de ansiedade noturna.

O que é a ansiedade noturna?

A ansiedade noturna caracteriza-se por preocupações, pensamentos negativos e uma sensação de medo constante antes de dormir. A tensão acumula-se ao longo do dia e à noite, quando devia descansar, a pessoa não se consegue acalmar, “desligar” e adormecer.

A mente fica em estado de alerta, por isso causa insónias, necessidade de se levantar durante a madrugada (por exemplo, para comer), respiração ofegante, taquicardia, suores noturnos, tremores, dores no peito,  sensação de muito frio ou de muito calor e cansaço físico (devido à falta de sono). 

Quais são as causas da ansiedade noturna? 

A principal causa da ansiedade noturna é o stress. O stress aumenta os nossos níveis de cortisol, o que deixa o corpo em estado de alerta e incapaz de relaxar. No entanto, não é a única causa da ansiedade noturna. A ansiedade e o “sofrer por antecipação” também causam problemas para dormir.

Além disso, a falta de uma rotina de sono (dormir sempre à mesma hora, evitar a exposição à luz azul antes de dormir, evitar comer em demasia à noite, não ler o email antes de dormir, etc) também pode fazer com que a pessoa não consiga adormecer com facilidade e descansar a mente.

Por último, há alguns transtornos psiquiátricos que podem provocar ansiedade noturna ou manifestar-se através de sintomas semelhantes.

Como tratar a ansiedade noturna?O tratamento da ansiedade noturna depende da causa. É fundamental falar com o seu médico de família ou procurar um psicólogo para ter um acompanhamento profissional e poder ultrapassar esta fase. Encontre aqui consultas de psicologia no Porto e psicologia em Lisboa. Além do tratamento psicológico, recomenda-se praticar exercício físico, praticar meditação e, quando se justificar, medicamentos recomendados pelo psiquiatra.

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s