Equilibrar alimentação com o treino: refeições pré e pós treino

A receita é infalível: exercício acompanhado de alimentação saudável, deixados a marinar durante alguns meses, e o resultado é uma indescritível mudança física. Mas se lhe disséssemos que a receita ainda pode ser melhorada? Se está realmente empenhado em melhorar a sua saúde e o seu bem-estar com a ajuda de um personal trainer, tem que ajustar a sua alimentação ao tipo de treino que está a fazer.

Em primeiro lugar, é importante perceber que não há uma única dieta indicada para o tipo de personal training que está a fazer. Isto é, uma pessoa que faz exercícios com máquinas no ginásio não precisa exactamente da mesma quantidade de proteína que alguém que se dedica a fazer musculação com treinos de peso corporal.

Depois, também é preciso perceber qual é o seu estilo de vida, os seus gostos e as suas intolerâncias alimentares. Para um personal trainer, é super importante que se sinta à vontade durante o treino, e isso não vai acontecer se de repente mudar toda a sua alimentação. Quem não está habituado a comer alimentos integrais não vai reagir bem se, “do dia para a noite”, começar a comê-los em todas as refeições.

Alimentação pré-treino

alimentacao-pre-treino

De uma maneira “simplista”, o importante da alimentação pré-treino é oferecer a energia necessária para o exercício físico que vai fazer. É importante que consuma hidratos de carbono – caso contrário, é provável que venha a ter hipoglicemias enquanto estiver com o personal trainer. Se faltar uma hora para o treino, escolha alimentos integrais com baixo índice glicémico. Se faltar pouco tempo (menos de 30 mins), prefira hidratos de absorção rápida (barras de cereais, fruta).

Relativamente à ingestão de proteína, apenas pessoas com treinos muito intensos devem aumentar a quantidade de proteínas que comem. No entanto, como a proteína pode obrigar a um maior esforço dos seus rins, convém confirmar tudo com o seu médico ou com o seu nutricionista antes de prosseguir.

Alimentação pós-treino

alimentacao-pos-treino

Depois do treino, há que continuar a cuidar-se e a zelar pelo seu bem-estar. Mas tudo depende do seu peso, género e das suas necessidades nutricionais, que deve definir com quem o acompanhar durante o personal training. Deve repor os hidratos de carbono na medida que precisa e consumir as proteínas que o seu corpo está apto a digerir.

A única coisa que deve evitar mesmo são os alimentos ricos em gordura, mesmo que seja “gordura saudável” (por exemplo, frutos secos, azeitonas, abacate), porque imediatamente depois do treino é natural que a absorva com mais facilidade. Ah, e aumente a ingestão de líquidos: água, chás sem açúcar e sumos de fruta.

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s